(Re)corpo | Desfile de Produção de Moda

Labirinto.
Cotidiano de incertezas
que parece ignorar o colapso que é viver sem saber no que vai dar.
Dobra-te! Arrasta-te! Espreme teu corpo.
De modo a nascer de novo.
Inadequada
Inapropriada.
Ao avesso.
Pele da cobra
Pele da aranha
Pele em mudança
Espinha dorsal
Espiral
Densa maleável

A (re)construção do corpo se faz através da roupa a todo instante. Pele coberta de tecido e tecido coberto pelo mundo. Efêmero, retalhado, costurado e, novamente, modificado. Moda em movimento.
Nosso corpo se mistura ao corpo das roupas e se (re)constrói de sentidos.
E assim, nessa linha de percepções, a minha turma e a turma da noite da disciplina de Produção de Moda da Universidade Feevale ,junto com a profa Ano Hoffmann, faremos um desfile de looks conceituais, inspirados na reconstrução do corpo, com o intuito de expressar essa metamorfose que somos e podemos ser.13232927_1047224011999384_8298484627437599385_n

Todxs sabemos que a roupa que usamos diz muito sobre nós. Damos sentidos e significados através do uso ou não da roupa. O nosso corpo é uma das linguagens mais expressivas que temos, é por ele que nos comunicamos sem precisarmos nem ao menos trocar uma só palavra. Somos muito visuais! Somos também muito sensoriais.

E é por isso que o desfile (Re)corpo será um totalmente diferente e instigante.

Você não vai deixar de conferir não é mesmo? Espero você no dia 31 de maio de 2016, às 20h45min, na Rua Coberta do Campus II da Universidade Feevale, em Novo Hamburgo/RS.

Boa semaninha!

beijos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.