Biodisponibilidade do ferro nos alimentos

Bom dia, Pinks. Tudo bem?

Esta semana, no Dicas da Nutri, vou falar sobre um assunto muito importante: a biodisponibilidade do ferro nos alimentos.

E aí vocês conhecem os dois tipos de ferro que podemos ingerir através dos alimentos? Nãoo? Confira abaixo quais são estes tipos de ferro e o que auxilia e dificulta sua absorção 😉

Existem dois tipos de ferro que podemos ingerir atrás da alimentação, primeiramente falarei do FERRO HEME, este tipo de ferro é de origem animal. O nossa organismo absorve muito bem este tipo de ferro e podemos encontrar ele principalmente nas carnes.

O outro tipo de ferro é chamado de FERRO NÃO HEME, é de origem vegetal encontrado principalmente das leguminosas (feijão, lentilha, ervilha) e nos vegetais verdes escuros (couve, espinafre e brócolis). O nosso organismo tem bastante dificuldade de absorver este tipo de ferro e para melhor absorve-lo é muito importante o consumo do mesmo juntamente com a vitamina C (laranja, limão, acerola, entre outras).

O Cálcio que é encontrado no leite e derivados e um polifenol de origem vegetal conhecido como Tanino encontrada no café, chocolate e nas casca da uva, dificultam a absorção do ferro.

Por isso, devemos ter alguns cuidados como: não tomar café ou comer chocolate logo após de comer o feijão no almoço por exemplo. Um erro comum principalmente em crianças, a criança come o feijão no almoço e logo em seguida é oferecido à ela a famosa “mamadeira”, o leite também dificulta a absorção do ferro.

Não deixe de ter esses pequenos cuidados com a sua alimentação, para que assim o ferro possa ser melhor absorvido pelo o seu organismo evitando assim a anemia.

Espero que tenham gostado do post 😉

Até mais,

00fernanda

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.