À La Garçonne e a moda Upcycling

Fundada em 2009 pelo empresário Fábio Souza, a marca À La Garçonne vê a sustentabilidade como futuro e traz esse apelo consciente para o seu DNA e coleções. Foi em abril deste ano (1/2016) que a marca estreou na São Paulo Fashion Week com sua primeira coleção em parceria com o estilista Alexandre Herhcovitch.

Roupas masculinas e femininas, sem estação definida, são a aposta da marca. A reutilização de materiais e roupas vintage é a chave da À La Garçonne, que aborda um tema super contemporâneo às suas criações: o UPCYCLING!

Mas o que é upcycling?

O termo upcycling é designado ao processo de reaproveitamento de outras peças, sejam roupas, objetos ou qualquer material que já tenha tido uma utilidade e que seria descartado. Essas peças passam por uma espécie de customização e ganham um novo propósito, como pallets que são transformados em bancos e floreiras. Os produtos continuam sendo o que são, mas de uma maneira diferente.

Na moda funciona da mesma maneira! As roupas podem continuar com as suas funções, mas recebem uma cara totalmente diferente, ou podem ser transformadas com uma modelagem diferente, como uma blusa passar a ser uma clutch, por exemplo.

A ideia é sempre essa, pegar algo que já existe e transformar em algo novo, ou seja, não vale montar compeças novas ou pegar um tecido para confeccionar a peça.

Na mais nova coleção da marca À La Garçonne, muitas roupas foram garimpadas em brechós e ganharam estampas feitas à mão ou detalhes com retalhos de tecidos, o que deu outro sentido.

A La Garconne
ph: FFW
A La Garconne
ph: FFW
A La Garconne
ph: FFW
A La Garconne
ph: FFW
A La Garconne
ph: FFW
A La Garconne
ph: FFW

A pegada esportiva e militar deu tom aos looks e, algumas peças em malha foram feitas em parceria com a Hering.

Dá para ter inúmeras ideias para transformar aquela roupa que já enjoamos ou garimpar no brick uma peça e dar outra cara à ela, né?

beijos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.